prova-oab

Quantas questões preciso acertar para passar na prova OAB?

Sendo uma dúvida comum entre a maioria dos candidatos na prova OAB, a pergunta “Quantas questões preciso acertar para passar na OAB” é fácil de ser respondida.

Mas, antes disso, você precisa entender o motivo pelo qual a aprovação é tão importante para a sua carreira e futuro profissional.

 

Importância do Exame OAB

O Exame de Ordem, organizado pelo Conselho Nacional da OAB e aplicado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, é a condição a qual se submetem todos os bacharéis de Direito que desejam exercer a função de Advogado.

A avaliação pode ser realizada até por quem ainda não concluiu o curso completo. A única condição é estar matriculado no último ano, em qualquer um dos dois últimos semestres do curso.

 

Estrutura da prova da OAB

 

Prova de 1ª fase

Composto por provas divididas em duas fases, o Exame de Ordem possui um alto nível de exigência e também devido a isso, um alto nível de reprovação.

A 1ª fase do exame OAB é composta por prova objetiva com 80 questões. Nela são avaliadas todas as disciplinas obrigatórias trabalhadas durante todo o curso de Direito, das quais fazem parte os conteúdos de Ética, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Constitucional,  Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Tributário, Direito Empresarial, Direitos Humanos, Direito Internacional, ECA, Direito Ambiental, Direito do Consumidor e Filosofia do Direito.

Considerando o valor de 1 ponto para cada questão, é necessário obter, ao menos 50%, de acerto para participar da 2ª fase.

Ou seja, para garantir a participação na prova de 2ª fase, o candidato precisa acertar 40 questões no gabarito OAB.

 

Prova de 2ª fase

Já a 2ª fase do exame permite que o candidato escolha uma opção entre 7 disciplinas (Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito do Trabalho, Direito Empresarial, Direito Penal e Direito Tributário) para ser avaliado.

A etapa é constituída por uma prova prático-profissional em que o candidato deve realizar uma peça profissional e quatro questões discursivas.

A avaliação é feita considerando o valor de 5 pontos para a peça profissional e 1,25 pontos para cada questão discursiva.

Para obter a aprovação, é preciso obter nota superior a 6 pontos na somatória.

 

Como se preparar para prova?

Para se dar bem e conquistar a tão sonhada aprovação no Exame de Ordem, é necessário contar com uma preparação bastante específica, e que muitas vezes é oferecida por um bom preparatório OAB.

Considerando os cursos na modalidade a distância, eles são uma excelente opção para quem busca aliar custos acessíveis e liberdade de tempo, já que por meio de videoaulas previamente disponibilizadas você mesmo pode elaborar o seu cronograma de estudos.

Além disso, com o auxílio de professores experientes e atuantes nesta área, com certeza ficará mais fácil entender e relembrar os conceitos já vistos durante a faculdade.

Com todas estas dicas, esperamos que você inicie seus estudos com muita motivação e conquiste a tão sonhada aprovação do Exame de Ordem. Boa sorte!

malas-de-viagem

Mala de viagem pequena: qual o tamanho da bagagem de mão?

A mala de viagem pequena sempre gera dúvidas em quem está se organizando para finalmente conhecer o destino de seus sonhos. Uma delas é qual seria o tamanho bagagem de mão.

Está com essa dúvida? Então, confira aqui qual o tamanho aceito pelas companhias aéreas para a bagagem de mão e dicas para evitar excesso de peso ao arrumar sua mala.

 

Qual o tamanho da bagagem de mão?

O tamanho da bagagem de mão é o mesmo para viagens nacionais e internacionais. A norma diz que a mala deve ter 115 centímetros, no máximo, considerando rodas, alça e bolsos.

Por isso, boa parte das opções de mala de bordo do mercado já são padronizadas com 55 centímetros de altura, 35 de largura e 25 de comprimento, totalizando os 115 centímetros exigidos.

No que se refere ao peso da mala de viagem de mão, o recomendado é o máximo de 10 kg para voos nacionais e internacionais (varia de acordo com a companhia aérea).

 

Como evitar excesso de bagagem

Com as limitações de tamanho e peso da mala de viagem, é comum ficar em dúvida sobre como evitar excesso de bagagem e o pagamento de uma taxa extra. Curiosamente, há algumas dicas a serem seguidas.

A principal é ser minimalista ao montar sua mala, editando-a ao máximo. Leve roupas de acordo com os dias que ficará no local e considere repetir peças que sujam menos, como calça, casaco e sapato.

Se possível, leve somente roupas que combinam entre si, o que possibilita montar um número maior de looks com uma quantidade reduzida de peças, além de diminuir ainda mais o peso da mala.

Além disso, divida o conteúdo de sua mala de viagem com a bagagem de mão, sempre atentando ao peso de ambas para evitar excesso em uma delas. Assim, dá para garantir um espaço extra na mala para lembrancinhas e compras.

concurso-publico

Quanto tempo demora para sair o resultado de um concurso público?

Esse texto é para você que estudou com vídeo aula para concurso e passou pela prova do concurso público e não aguenta mais esperar pela divulgação do resultado. Sabemos que é difícil segurar a ansiedade enquanto espera ser convocado para tomar posse do cargo.

Leva me média 60 dias, após divulgação do resultado oficial para o candidato ser chamado para homologação, realizar exames e apresentar a documentação exigida no edital. O tempo médio para a convocação varia de acordo com o órgão.  A posse só é realizada quando o nome do candidato é publicado no Diário Oficial. E, após a nomeação, o candidato ainda terá 30 dias para tomar posse do cargo.

Para que você fique tranquilo e não perca os prazos do concurso público, o primeiro passo é deixar a euforia um pouco de lado e refletir. Esse período pode parecer curto para alguns, mas longo para outros. Há pessoas que esperam apenas alguns meses e existem aqueles que são chamados ao final do prazo, depois de até quatro anos.

Depois de passar anos se preparando com vídeo aulas para concurso você não pode se distrair e deixar a nomeação passar, precisa ficar atento nas datas e nos canais oficiais em que a lista dos aprovados será divulgada. Nosso conselho é que você procure o edital do concurso público e copie na sua agenda as datas disponibilizadas no cronograma para não correr o risco de esquecer.

Para ter certeza do resultado, vá direto à fonte oficial. O mais comum é que a classificação seja divulgada no site da organizadora do concurso público. Mas, quando a prova é de um certame muito concorrido é provável que você também veja informações em jornais de grande circulação e sites de notícia confiáveis.

É importante que você faça um acompanhamento passa a passo, prestando muita atenção nos resultados oficiais de cada etapa do concurso público. Pode acontecer de algumas datas de divulgação sofrerem alterações. Se for este o seu caso, a página da organizadora do concurso público deve trazer essa informação. Portanto, dê uma passada por lá de vez em quando para checar se há mudanças.

Caso esteja prestando diversos concursos ao mesmo tempo, crie o hábito de ler os Diários Oficiais. Quando um concurso público termina, a banca examinadora divulga os nomes de todos os aprovados em seu site e também neste documento. Desta maneira você diminui as chances de perder a lista. Para o Diário Oficial da União basta entrar no site da Imprensa Oficial e para os Diários Oficiais do Estado, busque pelo portal do Governo do Estado desejado.

Mesmo que em um primeiro momento seu nome não esteja na lista é importante continuar atento durante o prazo de validade do concurso público. Às vezes os primeiros colocados desistem da vaga e esta é repassada aos candidatos quem vêm logo depois.

Mantenha seu endereço sempre atualizado junto aos organizadores do concurso público. Pois, além de publicar o resultado nos sites, alguns órgãos podem enviar um telegrama para todos os aprovados avisando sobre a nomeação. Porém, este procedimento não é obrigatório, então fique atento aos outros canais já mencionados.

Uma alternativa, se bater a ansiedade, é ligar de vez em quando para a organizadora do concurso público que você prestou. Ela também pode passar informações sobre quem foi, ou não, aprovado.

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

WhatsApp está lançando uma nova funcionalidade de Status para todos os usuários. Em vez do status apenas de texto que permite às pessoas saber se você está ocupado ou disponível para conversar, a nova funcionalidade de Status usa fotos, texto, emojis e esboços para mostrar o que você está fazendo. Se isso soa familiar, pode ser porque parece ser inspirado pelo Snapchat.

E ao contrário do Snapchat e do Instagram, o WhatsApp pode proteger as atualizações de Estado com encriptação de extremo a extremo.

Aqui está o que você precisa saber sobre o novo recurso. Onde você pode colocar Frases para Facebook e Whatsapp.

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

Quando a sua conta tiver acesso ao estado, você não terá que baixar ou instalar uma atualização de app da App Store ou Play Store – ela simplesmente aparecerá.

Você saberá se você tem acesso ao Status no iOS quando a página Contatos for substituída por um ícone da câmera (Veja foto acima), e a Página à esquerda lê “Status”.”Os usuários do Android vão ver um novo ícone da câmera à esquerda da página Chats, ao lado de uma nova página de Status.

Quem pode ver a minha situação?

O WhatsApp inclui configurações de privacidade, dando-lhe total controle sobre quem vê o seu estado. Por padrão, apenas os seus contatos podem ver o seu estado, mas as definições de privacidade permitem-lhe alterar isso.

Com a página de Status selecionada em um iPhone, toque na privacidade. Usuários Android, Toque no botão do menu > Privacidade de Estado.

São-lhe dadas três opções:

Meus Contatos: Todos os seus contatos WhatsApp podem ver seu Status.

Excepto Os Meus Contatos: Selecione as pessoas a quem você não quer mostrar seu Status. Isto ainda compartilha seu Status com o resto de sua lista de contatos.

Só Partilhar: Selecione apenas com os contatos que você deseja mostrar o seu Status.

Se você alterar a sua configuração de Privacidade após enviar um Estado, tenha em mente que as novas configurações só terão impacto em futuras atualizações.

Ver o estado dos seus amigos é muito parecido com o Snapchat.

Se você já usar histórias Snapchat ou Instagram, então você vai se sentir em casa com Status. Aqui estão os fundamentos:

Para ver um estado carregado pelo seu amigo, abra a página de Estado. Uma lista de amigos que compartilharam um Status irão preencher.

Toque no ecrã para pausar um estado, dando-lhe mais tempo para o Ver, toque para saltar através de um estado, ou passe para a esquerda para ir para a próxima pessoa.

O que é o Status do WhatsApp? Aprenda aqui e fique por dentro!

Quando o WhatsApp foi lançado pela primeira vez em 2009, Status foi um dos recursos mais intrigantes. Em vez de apenas dizer disponível ou ocupado, os usuários poderiam colocar qualquer texto no campo que apareceu ao lado de seu nome. O status do WhatsApp rapidamente se tornou a maneira preferida de deixar as pessoas saberem o que estava acontecendo em sua vida.

O WhatsApp renovou a funcionalidade de Status. Agora é semelhante às histórias de Snapchat e Instagram, enquanto o antigo recurso é simplesmente chamado de “sobre”. Embora o status do WhatsApp possa parecer um clone do Snapchat no início, há uma reviravolta no WhatsApp que o torna útil para o seu público. Aqui está tudo o que precisa de saber sobre o estado do WhatsApp.

O que é o Status Do WhatsApp?

O que é o Status Do WhatsApp?

O status do WhatsApp é uma atualização do Estado que desaparece após 24 horas de O enviar. Você pode compartilhar fotos, vídeos, texto, links e GIFs. Se souberes Usar Histórias do Instagram, vai se sentir em casa.

Por padrão, o status do WhatsApp só é ativado entre dois usuários que têm os detalhes de contato uns dos outros salvos em seus respectivos livros de endereços. Se você não tem o número de alguém gravado em seus contatos, eles não podem ver sua mensagem de Status.

No Android, toque na página de Status no topo para abrir o Status WhatsApp. No iPhone, você vai encontrar a página de Status no fundo da aplicação.

Aqui você verá uma lista de atualizações de Estado disponíveis de seus contatos automaticamente sob o título de atualizações recentes. Toque no nome de um contato para reproduzir sua atualização.

A foto ou o vídeo serão reproduzidos automaticamente. Se for uma foto, ele permanecerá na tela por um par de segundos e, em seguida, o aplicativo irá apresentar o próximo status a partir do mesmo contato. Depois de ter visto todas as atualizações do contato, você vai acabar de novo na tela de Status.

Se você sentir que uma foto desaparece muito rapidamente, você pode voltar para a tela de estado e ver a atualização novamente. Ou você pode tocar e segurar na tela para pausar o estado. Isto também fará o nome do Usuário desaparecer.

Toque no lado direito da tela para mudar para o próximo estado. Se quiser saltar para o estado do próximo contacto, passe para a esquerda do ecrã.

Exame-de-ordem

Como tirar nota máxima na peça da OAB

Depois de enfrentar a 1ª fase do Exame de Ordem da OAB você precisa iniciar o quanto antes sua preparação para a “peça” que deverá desenvolver na 2ª fase. Um curso preparatório OAB pode ajudar nesta etapa de avaliação.

Além das quatro questões discursivas que deverão ser respondidas, você precisará elaborar a redação de uma peça pertinente à área escolhida no momento da sua inscrição para o Exame de Ordem OAB. Lembrando que as opções disponíveis são: Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Empresarial, Direito Penal, Direito do Trabalho e Direito Tributário.

Na prova prático-profissional é recomendado que você opte por aquela com a qual você teve mais afinidade durante a sua graduação em Direito ou aquela em que você planeja atuar. Desta maneira será mais fácil para você estruturar sua peça e assegurar a nota máxima – os cinco pontos. Não baseie sua escolha em estatísticas sobre qual área é mais ou menos fácil, isso pode acabar se tornando uma armadilha no momento da resolução da prova.

A leitura do edital é muito importante e mesmo sendo uma dica óbvia, há candidatos quem não a seguem. Ler o edital é indispensável para conhecer quais são as regras a serem seguidas, quais os critérios estéticos estabelecidos, parâmetros exigidos, entre outras informações. Uma análise aprofundada do documento é de suma importância para que você não perca pontos por desatenção e passe longe de uma possível reprovação.

Para a redação da peça profissional, você deverá formular texto com a extensão máxima definida na capa do caderno de textos definitivos. Para a redação das respostas às questões discursivas, a extensão máxima do texto será de 30 (trinta) linhas para cada questão. Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima permitida.

Observe atentamente a ordem de transcrição das suas respostas quando da realização da prova prático-profissional, devendo iniciá-la pela redação de sua peça profissional, seguida das respostas às quatro questões discursivas, em sua ordem crescente. Se você não observar tal ordem de transcrição das respostas, assim como o número máximo de páginas destinadas à redação da peça profissional e das questões discursivas, receberá nota 0 (zero), sendo vedado qualquer tipo de rasura e/ou adulteração na identificação das páginas, sob pena de eliminação sumária do examinando do Exame de Ordem.

Durante a realização das provas prático-profissionais, caso a peça profissional e/ou as respostas das questões discursivas exijam assinatura, você deve utilizar apenas a palavra “ADVOGADO…”. O texto que possuir outra assinatura receberá nota 0 (zero), por se tratar de identificação do examinando em local indevido.

Na elaboração dos textos da peça profissional é necessário que você inclua todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação ou informações além daquelas fornecidas e permitidas nos enunciados contidos no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências ou de “XXX” (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, “MunicípioXXX”, “DataXXX”, “AdvogadoXXX”, “OABXXX” etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação nesta fase.

Por fim, você não precisa enfrentar a rotina de preparação sozinho, um curso preparatório OAB online pode te ajudar muito neste momento. Procure por um curso que ofereça os conteúdos que realmente serão cobrados na prova, que tenha videoaulas gravadas por assunto e em formato de plano de estudos. Evite preparatórios que oferecem apostilas com centenas de páginas, elas só tomarão seu tempo. As videoaulas resumem em poucos minutos tudo o que você precisa saber, fazendo com que você se prepare de forma otimizada e eficaz.

Qual a história de verdade do Santo Jorge? Veja aqui!

Enquanto a Inglaterra celebra o dia do seu santo padroeiro, muitos Palestinianos estão a preparar-se para as suas próximas celebrações da figura que também consideram um herói.

Uma bandeira familiar no vento acima de uma igreja Palestina na aldeia da Cisjordânia de al-Khadr.

A Cruz Vermelha em um fundo branco tem sido associada com São Jorge desde a época das Cruzadas.

É a bandeira nacional da Inglaterra e também é usado como um emblema por outros países e cidades que o adotaram como seu próprio santo padroeiro.

No entanto, os palestinos têm uma razão especial para exibir o símbolo e reverenciar o mártir cristão primitivo. Para eles, ele é um herói local que se opôs à perseguição de seus companheiros cristãos na Terra Santa.

Acreditamos que ele foi um grande mártir por sua fé que defendeu a fé e os valores cristãos.

Fazendo sacrifícios pela sua fé, ele foi capaz de derrotar o mal. Tomamos São Jorge como padroeiro das pessoas que vivem aqui-e como ele nasceu na histórica Palestina, rezamos para que ele se lembre de nós e desta terra santa.

São Jorge foi um soldado romano durante o século III, quando o imperador Diocleciano estava no poder. Diz-se que uma vez viveu em al-Khadr, perto de Belém, em terras pertencentes à família de sua mãe.

Enquanto o pai do Santo é geralmente rastreado até a Capadócia, uma área na Turquia moderna, acredita – se que sua mãe era Palestina De Lydda-agora Lod, em Israel.

O Santo é lembrado por doar seus bens e permanecer fiel a sua religião quando ele foi preso e torturado antes que ele fosse finalmente executado.

Há muitas igrejas na Cisjordânia e em Israel que têm o nome de São Jorge – em al-Khadr, Lod e na Galileia, por exemplo.

Enquanto o mundo ocidental marca o dia de São Jorge em 23 de abril, nas áreas palestinas ele cai em 6 de Maio, de acordo com o calendário antigo usado pelas Igrejas Orientais.

Qual a história de São Jorge? E do dragão também!

Criado como católico por seus ricos pais Romanos, Jorge serviu por muitos anos como um soldado cristão piedoso no exército do imperador pagão romano Diocleciano.

Em seguida, no início do ano 303, Diocleciano proibiu os católicos de assistir à missa e ordenou a destruição de todas as Igrejas Católicas. Quando Jorge encontrou este terrível édito, ele corajosamente proclamou sua própria fé católica e arrancou o Édito da parede onde foi postado.

Por seu desafio ao imperador e por sua recusa em renunciar a sua fé cristã, Jorge foi torturado, arrastado pelas ruas atrás de cavalos, e finalmente decapitado.

Qual a história de São Jorge? E do dragão também!

Movido por seu exemplo, dezenas de pessoas correram para se converter ao cristianismo. A devoção a São Jorge espalhou-se rapidamente por todo o Império Romano, da Inglaterra ao Egito. Ainda hoje, milhares de católicos buscam sua intercessão diariamente, orando esta oração:

Deus Todo-Poderoso, que deu ao seu servo George ousadia para confessar o nome do nosso Salvador Jesus Cristo perante os governantes deste mundo, e coragem para morrer por esta fé:

Conceda-nos que possamos estar sempre prontos para dar uma razão para a esperança que está em nós, e para sofrer com alegria por causa de nosso Senhor Jesus Cristo, que vive e reina com você e o Espírito Santo, um Deus, para todo o sempre.

Amém

Bem, no século VI, São Jorge era reverenciado por toda a cristandade como o soldado Cristão ideal e, no século VIII, vitrais em igrejas por toda a Europa o retratavam…mas não com o dragão.

Acontece que Jacobus de Voragine, o arcebispo de Gênova do século XIII, introduziu o dragão 900 anos após a morte de São Jorge.

O livro loucamente popular de Voragine, A Lenda dourada, incluía o conto de um dragão que vivia num lago perto de Silena, Líbia.:

Esta besta selvagem devorou duas ovelhas por dia, e, quando as ovelhas eram escassas, forçou os aldeões locais a trazer-lhe donzelas para comer.

Sabendo disso quando ele passou por Silena um dia, Jorge (de acordo com a lenda) cruzou-se, cavalgando para a batalha contra a serpente…

concurso-publico

3 dicas para se preparar para um concurso

Passar em um concurso público é uma grande realização para os concurseiros que se preparam para isso. O servidor público, além da estabilidade, tem diversos benefícios, como altos salários, possibilidade de crescimento, entre outros

Porém, a concorrência para conquistar uma vaga é grande, por isso o candidato deve estar bem preparado no dia da prova. Se você está começando seus estudos agora, viemos te trazer 3 dicas para se preparar para um concurso:

  1. Eficiência nos estudos

É importante escolher um bom material, de fácil entendimento e que te ajude a potencializar seu aprendizado. Uma boa escolha é um preparatório 100% online, com videoaulas que já vem em formato de planos de estudos, e melhor ainda: totalmente baseadas no edital. Você se prepara com o que realmente cai na prova. E ainda, como todo o material é online, você economiza tempo e não precisa se preocupar com apostilas que ficam amontoadas em cima da mesa.

É importante que você descubra de que modo você aprende mais fácil. Algumas pessoas aprendem quando leem. Outras repassando a matéria a um colega. Algumas, porém, fixam o conteúdo ao copiar os assuntos estudados. Para aprender de verdade vale de tudo, inclusive métodos menos convencionais. Não se desanime caso você prefira outras maneiras. Descubra a melhor forma e invista nela! Adaptar músicas e assistir a vídeos também são algumas maneiras de inovar o aprendizado. Todo método é válido, desde que traga eficiência e respeite seus limites.

  1. Organização e apoio

Quando estudamos em um local sobrecarregado visualmente, desorganizado e com muitas informações, nosso cérebro pode acabar recebendo muitos estímulos, ficando sobrecarregado na tentativa de manter o foco no estudo que é realmente relevante. Um ambiente limpo, com uma mesa e cadeiras ergonomicamente ajustados é de suma importância para você aguentar várias horas seguidas de preparação.

Contar com o apoio dos seus familiares e amigos pode ser o diferencial para sua aprovação em um concurso público. Para começar, tente explicar para as principais pessoas que o cercam que durante os meses de preparação você precisará do máximo de tempo disponível para estudar, mesmo que, para isso tenha que sacrificar algumas coisas. Essa ajuda é fundamental, pois além de confortá-lo, também diminuirá o estresse.

  1. Treine com questões de concursos públicos

Uma maneira de estar preparado para o dia da prova é treinar em um site com questões de concurso. Resolvendo provas e questões que já foram aplicadas, você conhece o estilo de perguntas e conteúdos que a banca costuma cobrar. Com esse treinamento, é possível fazer simulados que testam seu conhecimento e tempo necessário para resolução de cada questão.

Gostou das nossas dicas? Não esqueça que um curso online também pode ajudar muito na organização das suas prioridades ao iniciar a preparação para um concurso público. Pois, independente do concurso que você escolher, é preciso estar preparado no dia da prova.

Para te ajudar a sair na frente dos demais candidatos e garantir que seu sonho de se tornar servidor público se realize, um curso online com videoaulas específicas e que vão direto ao ponto pode ser uma boa opção.

Por fim, lembre-se, paciência e dedicação são essenciais para conquistar uma vaga na carreira pública.

concurso-banco-de-brasilia

Análise de edital do concurso do BRB

O concurso do Banco de Brasília está mexendo com os concurseiros não só da região Centro-Oeste, mas de todo o Brasil. São oferecidas 100 vagas no cargo de Escriturário, que exige nível médio completo e pagará aos aprovados remuneração inicial de R$ 3.204,26. As inscrições, que seguem abertas até o dia 15 de julho de 2019, devem ser realizadas exclusivamente no site da banca organizadora, o IADES.

Após garantida sua inscrição no concurso BRB, é muito importante que seja analisado o edital, documento que, como você sabe, te apresenta todas as “regras do jogo” de forma detalhada, para que você conheça o perfil de cobrança da banca e não seja pego de surpresa em qualquer seja a situação.

Para te ajudar, separamos as principais informações.

Edital – Concurso BRB

  • Requisito

Para concorrer a uma das 100 vagas imediatas, mais cadastro de reserva, no cargo de Escriturário, é necessário ter o ensino médio devidamente concluído

  • Atribuições do cargo

Um Escrivão do BRB é responsável por executar as atividades administrativas e bancárias; além de atuar em salas de autoatendimento orientando, vendendo e divulgando produtos e serviços do banco, além de efetuar operações diversas, sob orientação superior, visando contribuir para a plena execução dos trabalhos da área e para o adequado atendimento aos clientes.

  • Remuneração e Benefícios

Os aprovados no concurso BRB receberão remuneração inicial de R$ 3.204,26 para uma ótima carga horária de apenas seis horas diárias. Além do salário, haverá ainda benefícios como participação nos lucros e nos resultados; possibilidade de participação em plano de saúde e plano de previdência; auxílio refeição/alimentação; e outros.

  • Inscrições

Foram iniciadas às 08h do dia 9 de junho e seguem até às 22h do dia 15 de julho. Os interessados devem fazê-la exclusivamente no site do IADES, responsável pela organização do concurso, e pagar a taxa no valor de R$ 56.

  • Provas

Tanto a prova objetiva como a prova discursiva serão aplicadas na data provável de 18 de agosto, em local ainda a ser divulgado no site da organizadora. Ocorrerá no período da tarde e terá quatro horas de duração.

  • Prova Objetiva

Terá um total de 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Específicos e 30 de Conhecimentos Gerais, estas abordando as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa (08); Raciocínio Lógico e Matemática (06); Governança Corporativa e Compliance (04); Uso de Tecnologias em Ambientes Corporativos (04); Inovação (03); Lei Orgânica do DF e Regime Jurídico dos Servidores do DF (02); e Realidade Étnica, Social, Histórica, Geográfica, Cultural, Política e Econômica do DF e da RIDE (03).

  • Prova Discursiva

Avaliará, com base em proposta a ser apresentada, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

Preparatório – Concurso BRB

Agora que você já conhece alguns dos principais pontos presentes no edital, é hora de pensar em como se preparar para o concurso propriamente dito. É simples! Assistindo videoaulas. Esse é certamente o método mais rápido e eficaz de ver os conteúdos que realmente serão cobrados na prova, sem a necessidade de ficar horas debruçado em apostilas cansativas e pouco produtivas.

Outra grande vantagem das videoaulas é o respeito e a valorização do seu tempo, pois elas já são organizadas em formato de plano de estudos, para que sejam assistidas na ordem exata de importância.

E para completar a trinca que te levará até a aprovação no concurso do BRB, treine resolvendo questões. É uma prática simples, mas que certamente fará toda a diferença para que no dia da prova você tenha calma e confiança na hora de responder corretamente.

Agora com certeza seu caminho está mais tranquilo e, com foco, determinação e fazendo as escolhas corretas, você certamente realizará o sonho de se tornar um Escriturário do Banco de Brasília.