cortina para trilho

5 vantagens de uma cortina para trilhos

A cortina para trilhos é a peça ideal para transformar a decoração de seu lar gastando pouco, sem ter de passar por reformas longas e caras. Além de mudar a decoração, a cortina também oferece outras vantagens especiais.

Aqui, indicamos quais são as cinco principais vantagens de cortina de trilhos. Continue a leitura e conheça quais são, além de conferir dicas para escolher o modelo perfeito para seu lar!

 

5 principais vantagens da cortina para trilho

A cortina para trilhos oferece vantagens decorativas e funcionais para seu lar. Ao instalar esse tipo de cortina, você garante:

 

Decoração sofisticada

Uma das principais características da cortina para sala de trilhos é que a peça dá uma sofisticação a mais para a decoração de maneira imediata e sem muito esforço.

Não é para menos, afinal, possibilita um melhor controle da luminosidade no cômodo, além de conferir elegância e refinamento à decoração, principalmente por conta de tecido da peça.

Por isso, é uma excelente dica de decoração quando se quer transformar o espaço sem gastar muito ou realizar reformas, conquistando um resultado incrível e encantador com facilidade.

 

Mais aconchego e conforto

A cortina para quarto de trilhos ou sala é uma aliada quando se quer tornar o ambiente mais aconchegante e confortável. É possível ter esses resultados porque a peça bloqueia correntes de vento e excesso de luz natural, o que torna o ambiente mais agradável.

O aconchego e conforto são ainda mais intensificados quando se utiliza cortinas com tecido que remetem à delicadeza e dão uma sensação gostosa de acolhimento, como o veludo, materiais macios, entre outros.

 

Privacidade

A cortina para trilho bloqueia a visão de terceiros do que se passa no interior do imóvel. Portanto, ganha-se mais privacidade, o que faz a diferença em casas ou apartamentos com janelas ou portas de vidro voltadas para locais com grande circulação de pessoas.

 

Melhora da acústica

Outra vantagem da cortina de trilho é que a peça consegue melhorar a acústica do cômodo, minimizando a entrada de sons externos no cômodo. Se instalá-la no quarto, poderá dormir mais sem se incomodar com barulhos.

Caso instale a cortina na sala, poderá se beneficiar ao assistir à televisão, com menor possibilidade de barulhos externos atrapalharem, tendo uma melhor experiência.

 

Abertura e fechamento facilitados

Um dos principais diferenciais da cortina para trilho, especialmente em comparação ao modelo para varão, é que o deslizamento da peça no suporte é mais suave, o que possibilita abrir e fechar a cortina com mais facilidade.

 

Como escolher cortina para trilho

Escolher a cortina para trilho perfeita não é tarefa simples, mas existem dicas que ajudam a acertar na compra. Veja o que considerar para garantir a peça ideal:

 

Objetivo da cortina

Toda cortina tem um objetivo principal no ambiente. Se quiser usar a peça somente com finalidade decorativa, não há restrições, dá para comprar qualquer modelo.

Agora, se sua intenção for ter maior privacidade, controlar ruídos externos e luminosidade, então, a cortina para trilho com tecido mais grosso é a melhor opção.

Nessa linha, dá para comprar cortina blecaute, que bloqueia a entrada de luz, ruídos e proporciona privacidade. Outra opção é utilizar cortina com forro, que dá um toque extra de elegância para a decoração.

 

Cor

A cor é um detalhe importante porque saber escolher a tonalidade certa ajuda a atingir harmonia visual na decoração. De modo geral, as cores claras, como branco, bege e cinza, são à prova de erros porque combinam com quaisquer decorações.

Quer usar cortina colorida ou com tecidos escuros? Também é possível, basta escolher a peça numa tonalidade idêntica ou semelhante a outra que já aparece na decoração do cômodo.

Mas, atente-se a um detalhe: cores vivas ou escuras tendem a desbotar com maior facilidade quando expostas frequentemente ao sol. Portanto, se a incidência dos raios solares for intensa em seu imóvel, existe a possibilidade de a peça ficar com manchas rapidamente.

 

Tamanho

O tamanho também é um fator importante na escolha da cortina para trilho perfeita. O ideal é que ela cubra a parede do teto ao piso, porque se tem uma sensação de alongamento do pé direito, dando a impressão de que é maior.

Antes de escolher a cortina, meça a área em que pretende instalá-la e considere as medidas para garantir uma peça com tamanho adequado. Lembre-se de um detalhe: se quiser um efeito de franzimento, a cortina precisa ter uma sobra de tecido lateral.

Por exemplo, se sua parede ou janela tiver três metros de largura e comprar cortina para trilho exatamente nessa medida, ela ficará esticada. O indicado é adquirir uma alternativa com o dobro de tecido, ou seja, a partir de seis metros.

No caso de dúvida, o recomendado é comprar cortina para trilhos sempre com uma sobra de tecido em todas as medidas, porque é mais fácil adaptar a peça junto a uma costureira, se precisar.

Verb to be – Regras de uso e exemplos

O verb to be é, sem dúvidas, um dos principais verbos da Língua Inglesa, sendo o primeiro que se aprende quando se tem contato com o idioma.

Na gestão educacional, se explica que esse verbo tem o sentido de “ser” e “estar”, mas também pode desempenhar uma função de verbo auxiliar em outros tempos verbais (ele acompanha o verbo principal da frase).

verbo to be

O verb to be é irregular, por isso ele apresenta as seguintes formas:

  • Presente simples: am, is, are,
  • Passado simples: was, were,
  • Futuro simples: will be,
  • Particípio presente: being,
  • Particípio passado: been.

Quando o verb to be ocupa a posição de verbo principal da oração, o sentido dele é de “ser” e “estar”. 

Em outros casos, ele pode ocupar a posição de verbo auxiliar, acompanhando o verbo principal da oração, em tempos progressivos, como present progressive, past progressive, future progressive, present/pas/future perfect progressive.

Além disso, o verb to be é usado também na voz passiva.

Exemplos de frases com o verb to be:

  • I’m a new student,
  • He’s my father,
  • She’s not my mother,
  • He wasn’t funny,
  • The paper was published in 2020,
  • I’ll be working a lot.

O site da Yázigi explica mais sobre o verb to be.

5 dicas de segurança para sua casa

Tornar a casa mais segura e protegida é o desejo de muitos, afinal, garante mais tranquilidade aos moradores, já que o risco de invasões, furtos e roubos é reduzido.

No entanto, não é todo mundo que sabe como proteger seu lar. Este é o seu caso? Então, confira aqui cinco dicas de segurança residencial e adote todas na sua casa!

 

  1. Identifique pontos cegos e corrija problemas

Uma das principais dicas de segurança para imóveis é identificar pontos cegos e corrigi-los. Mas, o que são esses pontos cegos? São quaisquer locais que podem facilitar a entrada no imóvel, seja por falta de barreiras ou iluminação.

Verifique, por exemplo, portões, portas e janelas, dando uma atenção especial para fechaduras, se estão em boas condições. Em caso negativo, providencie o conserto ou troca.

Em janelas, é possível instalar telas de proteção, para evitar a entrada no imóvel, principalmente se forem voltadas diretamente para a rua. Caso seja um apartamento no andar térreo, as grades nas janelas também são opções de reforço da segurança.

 

  1. Instale um sistema de segurança eletrônico

O sistema de segurança eletrônico conta com o diferencial de usar a tecnologia para inibir e dificultar a ação criminosa. Além disso, possibilita identificar rapidamente qualquer movimento suspeito, podendo encaminhar as autoridades responsáveis ao local para solucionar ocorrências.

Mas, como é o sistema de segurança eletrônico? Trata-se de um conjunto de soluções para proteção do imóvel. Existe a possibilidade de instalar alarmes, fechaduras eletrônicas, sensor de presença e de automatizar a iluminação da casa.

Outro investimento a ser feito é instalar câmeras de segurança com monitoramento a distância e 24 horas, podendo checar todo o imóvel de uma só vez e de forma segura.

O único ponto negativo dessas soluções é que costumam ter preço elevado, seja de instalação ou de manutenção. No entanto, compensam porque ajudam a montar uma estrutura de segurança robusta, aumentando a proteção de bens e moradores da casa.

 

  1. Use vidros temperados

Os vidros temperados são aqueles que passaram por um tratamento térmico ou químico durante sua produção, aumentando sua resistência mecânica. Na prática, isso significa que não se quebram facilmente.

Portanto, o vidro temperado é a melhor alternativa para instalação em janelas dos imóveis, bem como em portas, reduzindo expressivamente a possibilidade de invasão.

Se possível, blinde os vidros. Esta é uma solução com preço elevado, mas é interessante principalmente quando se guarda objetos de valor alto em casa, como joias. Dessa forma é mais fácil impedir furtos e roubos.

 

  1. Tenha portão eletrônico

O portão com abertura e fechamento manuais torna a saída e entrada no imóvel mais propícia à ação criminosa, uma vez que é preciso sair do veículo para realizar esses procedimentos.

Com o portão eletrônico é possível realizar abertura e fechamento de forma automática, sem ficar suscetível a uma ação criminosa, tendo muito mais segurança no dia a dia.

Interessado nesta alternativa para reforçar a segurança de seu lar? Dá para comprar portões automáticos ou instalar o sistema de automatização diretamente no portão que já possui em seu imóvel, realizando as devidas adaptações.

 

  1. Invista em cercas

As cercas são ótimas dicas para segurança em casas porque aliam durabilidade, eficiência e bom custo-benefício, sendo uma alternativa para quem busca soluções com valores que não pesam no orçamento.

Podem ser instaladas em muros e portões, para aumentar a altura dessas estruturas e dificultar a ultrapassagem. Existem diferentes telas de proteção que podem ser utilizadas na montagem de cerca, basta escolher a que melhor atender as necessidades do imóvel.

A tela alambrado é uma das principais opções, com possibilidade de instalá-la em muros baixos ou em pontos cegos como áreas com jardins. É uma alternativa que se destaca por seu preço acessível, sem abrir mão da proteção da área.

Outra solução em cercamento é o gradil, que é uma grade de proteção feita em módulos, estrutura que facilita a instalação da cerca. Chama a atenção por seu design moderno, complementando a decoração externa do imóvel.

No que se refere a reforçar a segurança em muros, a cerca concertina é uma excelente solução. Trata-se de um arame de aço com lâminas de elevado poder de laceração, com potencial grande de provocar machucados durante tentativas de invasão.

A concertina é um material versátil que desempenha muito bem a proteção do imóvel, no entanto se quiser reforçá-la ainda mais existe a possibilidade de investir na concertina eletrificada.

Essa opção combina duas soluções eficientes e que sempre são listadas entre as principais dicas de segurança patrimonial: a concertina e a cerca elétrica, que dá choque ao mínimo contato, afastando o invasor.

O muro com concertina, seja na versão tradicional ou eletrificada, faz a diferença na segurança principalmente em locais considerados pontos cegos, dificultando a ultrapassagem. O melhor? A um preço justo, que não pesa no orçamento da família.

 

Dica extra: cortinas

Mais do que itens de decoração, as cortinas também proporcionam mais privacidade para o seu lar. Por isso, invista em cortina para sala e para os quartos. Você certamente se sentirá mais seguro(a)!

Quanto custa o curso de gestão de segurança privada?

Antes de se matricular em uma faculdade é interessante pesquisar pela gestão de segurança privada preço. Dessa forma, você pode ter uma ideia da média de valor praticada pelo mercado tanto para a graduação em gestão de segurança privada a distancia quanto para o curso presencial. Depois disso é só comparar os valores das instituições de ensino, sempre levando em consideração a qualidade, a proximidade e os demais benefícios que ela pode oferecer a você e aos seus estudos.

 

Valor do curso de gestão de segurança privada

Antes de falar sobre a gestão de segurança privada preço, precisamos lembrar que essa é uma área que está em alta e possuem mensalidades bem acessíveis comparadas com outras graduações. Sendo assim, o curso de gestão de segurança privada é voltado para profissionais que desejam trabalhar no desenvolvimento de projetos que tenham como objetivo diminuir o risco ao patrimônio privado. Essa graduação é considerada um curso de tecnologia, por isso, tende a ter de dois a três anos de duração e tem como foco o aprendizado prático.

Mas, vamos ao que interessa: a gestão de segurança privada preço. O curso pode ter mensalidades de R$ 600 a R$ 1.300 no formato presencial, com uma média de R$ 850 por mês na maioria das instituições. Mas é claro, esses valores podem mudar de acordo com a faculdade, turno dos estudos e região. Já no formato semipresencial, as mensalidades costumam ser de R$ 350 a R$ 700.  E no curso de gestão de segurança privada a distância, a média do valor mensal é de até R$ 350.

 

Curso de gestão de segurança privada EAD

Como você conseguiu perceber anteriormente, a graduação de gestão de segurança privada a distância conta com valores bem mais baixos do que o curso presencial e o semipresencial. Mas, se você está se perguntando: “por que essa diferença tão grande de valores?”. Pode ficar tranquilo, vamos explicar todos os detalhes!

O curso de gestão de segurança privada EAD só consegue praticar esses valores mais baixos, pois não precisa manter uma grande estrutura para receber seus alunos diariamente. Dessa forma, também não possui os gastos dessa estrutura e pode repassar essa economia aos seus alunos mensalmente. Por isso, é importante não confundir preço mais baixo com qualidade inferior, pois não é o caso.

Na verdade, o primeiro ponto que você precisa observar na hora de escolher um curso de gestão de segurança privada, seja ele EAD ou presencial, é se a instituição é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC). Afinal, é esse credenciamento que torna o seu diploma válido e bem aceito no mercado de trabalho. Ele também serve para certificar que aquela faculdade possui um curso que segue as suas diretrizes de ensino.

O curso de gestão de segurança privada a distância traz alguns outros benefícios, além dos valores mais baixos. Afinal, você pode estudar quando e onde quiser, basta apenas ter ao seu lado um dispositivo com acesso a internet. Dessa forma, consegue equilibrar melhor o trabalho, os estudos e demais responsabilidades diárias. Ou seja, você pode estudar do conforto da sua casa ao final do dia, ou ainda, aproveitar os intervalos diários para assistir uma videoaula ou responder algumas questões, por exemplo.

Além disso, no curso de gestão de segurança privada EAD só o seu aprendizado importa. Então, você pode, por exemplo, acelerar uma aula de um assunto que já tem domínio, ou ainda, se demorar mais em um tema do seu interesse ou que tenha maior dificuldade. Esse poder de escolha não é possível dentro de uma sala de aula, onde o professor precisa tirar uma média de aprendizado dos alunos.

Ou seja, você pode ter o mesmo aprendizado, mas com algumas vantagens exclusivas da graduação de segurança privada a distancia. Então, pesquise pelas instituições que estão disponíveis no mercado. Além do cadastro no MEC, é interessante observar a grade curricular oferecida pela faculdade, ou seja, as disciplinas e assuntos que você aprenderá durante esses dois ou três anos de duração do curso. E se conseguir, também confira quais são os professores. Também é interessante verificar as redes sociais da instituição e ver o que os alunos e ex-alunos comentam sobre ela.

Como aumentar a elasticidade da pele?

A elasticidade é uma das principais características da pele, principalmente quando se é jovem. Ela é responsável por garantir um bom esticamento da pele, minimizando a possibilidade do surgimento de estrias. Paralelamente, contribui para firmeza da pele.

Curiosamente, com o avanço da idade a pele passa por um processo natural de perda da elasticidade, podendo levar à flacidez, que é uma das marcas registradas do envelhecimento.

Mas, não precisa sofrer com esse problema, já que existem formas aumentar a elasticidade da pele de maneira natural. Uma delas é usar o Oli-Ola. Saiba, aqui, o que é e como ele funciona.

Oli-Ola: o que é?

Trata-se de um peeling em cápsulas produzido com extrato de oliva orgânica cultivada no sul do Mediterrâneo. Possui como diferencial uma elevada concentração de hidroxitirosol, que é um composto fenólico.

Oli-Ola para que serve?

O Oli-Ola tem efeito antioxidante, ou seja, combate os radicais livres e protege as células contra danos. Além disso, é capaz de promover um peeling na pele, removendo a camada de células mortas.

Como resultado, é possível ter uma pele mais macia e lisa, com manchas suavizadas e tom mais uniforme. Paralelamente, o produto também é um grande aliado da prevenção do fotoenvelhecimento, minimizando o risco de desenvolver linhas e rugas.

Como o Oli-Ola aumenta a elasticidade da pele?

Ao estimular a renovação da pele, o Oli-Ola aumenta a produção de colágeno e de elastina, que são proteínas presentes na estrutura da tez, garantindo-lhe a elasticidade, de modo a aumentar sua qualidade.

Por isso, o uso frequente do Oli-Ola possibilita ter uma maior quantidade de colágeno e elastina na tez, conferindo-lhe um efeito de preenchimento e flexibilidade a mais, o que faz a diferença principalmente em peles maduras, combatendo sinais de envelhecimento.

Como potencializar o efeito do Oli-Ola?

Além de investir no Oli-Ola peeling antioxidante, também é possível adotar medidas extras para aumentar / potencializar a elasticidade. Veja, a seguir, quais são elas:

Coloque o hidratante em sua rotina

Procure utilizar um hidratante ao menos duas vezes por dia, pela manhã e noite, sempre após lavar a pele. Se possível, escolha cremes com compostos que ativam a produção de colágeno e elastina, como o retinol e demais antioxidantes.

Evite o tabagismo e ingestão alta de açúcar

Tanto o tabaco como o açúcar em excesso geram radicais livres, que possuem capacidade de destruir e inibir a formação de colágeno e elastina. Por isso, tente mudar esses hábitos para preservar a elasticidade de sua pele.

Use filtro solar

Os raios solares provocam câncer e manchas na pele, estimulam o envelhecimento e destroem fibras de elastina e colágeno. É possível reverter esses problemas usando filtro solar todos os dias.

Dê preferência para protetores com FPS (Fator de Proteção Solar) 30, no mínimo. Se for se expor ao sol, reaplique o produto a cada três horas. Caso utilize maquiagem, é possível passar pó facial com protetor solar nas reaplicações.

O protetor solar também ajudará a manter os benefícios do Oli-Ola peeling em cápsulas, minimizando o risco de surgimento

Como manter sua casa segura em Itajaí?

Manter o imóvel seguro é uma das principais preocupações atualmente, passando a ter mais tranquilidade dentro de casa. Curiosamente, existem dicas que podem ser colocadas em prática para atingir esse resultado. Confira e saiba como deixar sua casa em Itajaí protegida.

Dicas para reforçar a segurança de sua casa em Itajaí

As dicas para tornar a segurança de seu imóvel mais robusta abrangem a adoção de diferentes soluções, com alternativas muitas vezes simples de serem implementadas. Veja quais são elas:

Certifique-se da qualidade de portões

Os portões são as principais vias de acesso ao imóvel. Por isso, devem ter alta qualidade, fabricados com materiais difíceis de serem rompidos ou escalados.

As fechaduras e sistema de abertura e fechamento eletrônicos devem ser robustos, para assegurar seu correto funcionamento e não tornar o imóvel ou seus moradores vulneráveis.

Reforce portas e janelas

Portas e janelas fazem mais do que manter a privacidade dos moradores do imóvel, elas evitam que invasores consigam entrar facilmente na casa. Portanto, reforce essas estruturas, para dificultar uma possível ultrapassagem.

É interessante, por exemplo, investir em portas com fechaduras eletrônicas e instalar telas de proteção Itajaí nas janelas, para impossibilitar invasões e proteger eficazmente todo o imóvel e moradores.

Instale sistemas de segurança

Instalar um sistema de segurança Itajaí é outra dica eficaz, mas um tanto cara, já que envolve investir em câmeras de vigilância (preferencialmente com acesso remoto), alarmes, iluminação automatizada, entre outros.

Um dos diferenciais desses equipamentos de segurança Itajaí é que possibilitam identificar rapidamente quaisquer movimentações suspeitas e comunicar as autoridades.

Invista em cercamentos

Cercas e alambrados Itajaí são excelentes investimentos porque aliam ótimo desempenho a um baixo custo de instalação e manutenção. O cercamento impede a ultrapassagem, é difícil de ser escalado e rompido, além de possibilitar visualizar o que acontece ao redor do imóvel, podendo acionar as autoridades responsáveis.

Mas, com que materiais cercar o imóvel? Há diversas alternativas eficazes, como o gradil, que é uma grade de proteção modular. É fácil de instalar, evita o desperdício de material, não exige grandes reformas e possui estética agradável.

Além do tradicional gradil, há a opção de investir em telas alambrado (perfeitas para aumentar a altura de muros), além da concertina, que é um arame de aço galvanizado com lâminas cortantes, material que desestimula a ação criminosa porque aumenta a chance de o invasor se machucar nessa tentativa.

Utilize barreiras psicológicas

As barreiras psicológicas são elementos que ao serem notados desestimulam a tentativa de invasão, seja porque dificultam a ultrapassagem ou possibilitam que o invasor seja identificado ou apreendido.

Bons exemplos de barreiras psicológicas utilizadas na segurança de imóveis são placas de aviso sobre a presença de cães ou de monitoramento por empresas especializadas. Além disso, as cercas e grades de proteção também funcionam como barreiras físicas e psicológicas.

Em qual dica de segurança investir?

O recomendado é investir em todas as dicas para ter uma segurança reforçada. Se isso não for financeiramente possível, implemente, pelo menos, as cercas e grades de proteção em Itajaí, que possuem preços mais acessíveis e ótima performance.

tecnologia da informação

Concursos públicos na área de Gestão da Tecnologia da Informação

Mesmo antes de ingressar na faculdade de Gestão da Tecnologia da Informação, muitas pessoas já têm para, após concluir o curso, uma ideia concreta do que fazer: concurso público. Muito dessa decisão se deve às vantagens que ser um concursado tem em relação a atuar na iniciativa privada. Entre elas, as que mais ajudam nessa escolha são a quantidade de vagas oferecidas, a possibilidade de trabalhar em grandes órgãos, a carga horária diferenciada, e claro, os altos salários.

Um diploma de Gestão de Tecnologia da Informação dá aos seus portadores a possibilidade de concorrer a uma série de vagas oferecidas nos mais diferentes locais, podendo ser em Prefeituras ou Câmaras Municipais, passando por Institutos e Universidades Federais, chegando até a órgãos de âmbito nacional, como Bancos, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Receita Federal, Petrobras, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), e diversos outros.

As remunerações oferecidas também são as mais diversas, podendo iniciar em R$ 2 mil e, em alguns casos, até ultrapassar os R$ 10 mil. Ou seja, é tudo uma questão de ficar sempre atento às oportunidades e saber até onde vai sua vontade de ingressar na carreira pública, se tem interesse em atuar apenas dentro da sua cidade, sem tem possibilidade de ampliar a área de atuação para todo o seu estado, ou mais ainda, se tem disponibilidade para desbravar o Brasil em busca do melhor cargo.

Porém, obviamente, primeiro é necessário ser aprovado. E isso requer um bom desempenho na prova. Então é fundamental que sempre leia os editais dos concursos aos quais tem interesse com o máximo de atenção, principalmente a parte que apresenta o conteúdo programático. É nele que você saberá o que deve estudar. Muito do que é cobrado nos conhecimentos específicos, você já terá visto durante o curso de Tecnologia da Informação, mas há também as disciplinas de conhecimentos básicos, como Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, entre outras, que merecem bastante atenção, uma vez que têm grande peso no resultado final.

Ah, você ainda não iniciou a faculdade de Tecnologia da Informação mas ficou empolgado com o que leu até agora sobre as possibilidades em concursos públicos? Então você precisa iniciar agora mesmo seu curso de Tecnologia da Informação EAD, no qual terá uma série de vantagens e a certeza de que irá conquistar o diploma.

Quais vantagens são essas? Bom, começamos citanda a facilidade de poder realizar o curso de TI a maior parte do tempo no conforto da sua casa ou onde mais preferir, e claro, no momento que considerar melhor. Mas por que “a maior parte do tempo”? Pois ainda, mesmo que sejam pouquíssimas vezes, será necessário ir até um polo, realizar as avaliações presenciais. Mas fique tranquilo, certamente haverá um perto de você.

Outro ponto que deve ser citado é o que se refere a liberdade de poder optar com qual material prefere estudar, seja ele livro impresso, videoaulas em DVD, ou ainda esses mesmos materiais em suas versões online, bastando acessar o AVA.

Poder escolher é sempre muito bom, não é? Então saiba que você também poderá escolher a duração e o valor da mensalidade que melhor se adequa ao momento. É muita comodidade!

Então faça a escolha certa! Experimente e comprove que fazer um curso de Gestão da Tecnologia da Informação a distância é melhor opção para, com o diploma assegurado, possa iniciar sua busca por uma vaga em concurso público.

Self Storage para todos

Para que serve um armazenamento próprio?

O auto armazenamento é o serviço de armazenamento automático em contêineres para armazenamento de estoque, automóveis, documentos, móveis, arquivos, volumes vendidos, enfim tudo o que é necessário. É uma solução para quem não tem muito espaço na casa ou na empresa e precisa armazenar itens com segurança. 

Onde tem auto armazenamento?

Os serviços de auto armazenamento podem ser encontrados nas maiores cidades, onde a correção é constante e um dos problemas enfrentados é a falta de espaço e tempo para organizar seus itens. Ao contrário do que muitos pensam, o serviço é totalmente acessível e tem um benefício ótimo, além de oferecer comodidade e segurança.

Veja alguns benefícios de contratar o armazenamento próprio :

Custo benefício

O preço da locação das caixas é muito mais econômico e agradável para alugar um imóvel. Os valores selecionados de acordo com o tamanho da caixa, tempo de uso e o plano escolhido. É uma ótima opção para quem deseja economizar e não tem preocupações desnecessárias. 

Melhor aproveitamento do seu espaço e qualidade de vida

Ao armazenar na caixa os seus itens, é possível deixar mais espaços ou o seu lar e aproveitar cada espaço, tornando-o mais prático e funcional. O tempo gasto nos momentos livres também será menor, sem preocupar-se em ficar arrumando tudo sempre.

Proteção e segurança para objetos 

A self storage oferece segurança 24 horas e a caixa pode ser acessada apenas pelo contratante. Os objetos armazenados permanecem no total de conservação, sem contato com sujeiras, insetos ou riscos, minimizando os danos, perdas ou prejuízos.

Mil e uma utilidades

A caixa pode ser usada para armazenar qualquer item como documentos, objetos, eletrodomésticos, móveis, estoque e até mesmo automóveis, dependendo da sua necessidade no momento.

E aqui vai mais uma dica: guarde tudo em um armazenamento próprio!

Uma das opções no mercado é o Guarde Mais. Você tem total segurança 24 horas, porta e acesso quando quiser e sem se preocupar com o preço, já que é super acessível a todos os bolsos. A empresa é referência no Brasil e conta com uma grande variedade de serviços. Nela, o contratante é responsável pela movimentação de seus bens até a caixa escolhida. Por isso, esse serviço é conhecido como armazenamento automático. Ao terminar de armazenar, o cliente transfere sua caixa e leva uma chave junto a ele. 

 

A Guarde Mais tem como objetivo diminuir o estresse e causar poluição visual em um ambiente desorganizado. Tornar uma rotina menos carregada e com menos preocupação. Vale a pena investir em bem estar e qualidade de vida. 

 

Quando começar a academia?

Ao decidir se dedicar à saúde, uma dúvida surge com frequência: afinal, quando começar a academia? A seguir, esclarecemos essa questão de uma vez por todas, além de dar dicas de quais exercícios realizar. Confira!

Período ideal para começar a academia

Médicos e especialistas não estabelecem uma idade perfeita para começar a academia. Portanto, qualquer pessoa, em qualquer idade, pode frequentar uma e iniciar a prática esportiva.

No entanto, é preciso considerar um ponto fundamental, a adequação da idade e estado físico ao tipo de exercício a ser praticado. Logo abaixo indicamos o que é recomendado para diferentes perfis:

Infância e pré-adolescência

Frequentar a academia na infância e pré-adolescência é liberado e incentivado, porque é justamente nessa idade que se adquire hábitos com mais facilidade, com maior chance de mantê-los por toda a vida.

Além disso, reduz-se a possibilidade de desenvolver obesidade infantil, que possui grande incidência por todo o país. Paralelamente, a prática esportiva auxiliará no desenvolvimento da criança.

Mas, é preciso se atentar a um ponto essencial: crianças e pré-adolescentes devem fazer exercícios leves, como natação, hidroginástica, luta, dança ou yoga. A musculação fica de fora, porque exige mais do corpo, como maior equilíbrio e coordenação, algo que está se desenvolvendo ainda.

Adolescência, vida adulta e terceira idade

A partir da adolescência e vida adulta não há restrições quanto ao tipo de exercício realizado, desde que a pessoa esteja com a saúde em dia. Isto quer dizer que se tiver doenças preexistentes, recomenda-se consultar um médico para ver se não há impedimentos em relação à prática esportiva.

Além disso, se passar por algum problema de saúde, só será possível iniciar a academia se houver liberação do médico que acompanha o caso. Assim, reduz-se o risco de ter complicações do quadro.

De modo geral, adolescentes, adultos e idosos podem realizar qualquer tipo de treino, inclusive a musculação, desde que elaborado e acompanhado por um profissional da área, para garantir que os exercícios são realizados corretamente, minimizando o risco de lesões.

A importância do exame médico

Não importa qual seja sua idade, é muito importante passar por um exame médico antes de começar a academia. Nele, são verificados pontos como pressão arterial, massa corporal, quantidade de gordura e líquido, batimento cardíaco e idade metabólica.

Com isso, é possível adequar seu treino ao seu físico, o que diminui consideravelmente a possibilidade de complicações como lesões durante a prática de exercícios. Por isso, não abra mão de realizar o exame.

Como potencializar os resultados dos exercícios

Quer potencializar os resultados obtidos pela prática de exercícios físicos? O segredo é investir em complexos vitamínicos e minerais que entregam para seu organismo nutrientes essenciais para garantir mais energia e força.

Ao utilizar esse tipo de produto, garante-se melhor desempenho físico. Na prática, isso significa que terá mais vigor para finalizar treinos e melhores resultados.

Se seu objetivo ao fazer a academia for emagrecer com saúde, uma alternativa altamente eficaz é consumir suplementos naturais, como os complexos minerais, para acelerar metabolismo e perder peso rapidamente.

pedagogia

Ainda posso fazer pedagogia em 3 anos?

Recentemente, o Ministério da Educação (MEC) fez algumas alterações nas diretrizes dos cursos de licenciatura e, entre eles, está o curso de pedagogia EAD e o presencial. Sendo assim, não é mais possível concluir a graduação em pedagogia em 3 anos. Agora, para se tornar um pedagogo, o aluno deve passar por, no mínimo, 4 anos de aprendizado. E isso se estende para as demais licenciaturas, como Educação Física, Geografia, História e Letras.

Então, quando você estiver procurando por um curso de pedagogia EAD, essa é a primeira informação que precisa verificar. Afinal, essa graduação só será válida com a duração de quatro anos, em outras palavras, não deve existir mais pedagogia em 3 anos. Outro ponto bem importante que deve ser observado é se a instituição de ensino é certificada pelo MEC para oferecer esse tipo de curso.

Mas, muitas pessoas estão se questionando sobre o motivo dessa mudança. A intenção do MEC é que o aluno tenha mais tempo para aprender antes de entrar no mercado de trabalho. Sendo assim, a pedagogia em 3 anos foi extinta para o ano de 2020 e os futuros profissionais ganharam mais um ano para ter acesso a teoria, produzir novos trabalhos e, principalmente, colocar em prática todo o aprendizado no estágio supervisionado obrigatório. Aliás, é importante lembrar que o curso de pedagogia EAD também conta com o estágio supervisionado obrigatório. Para falar a verdade, não há nenhuma diferença na base e diretrizes de ensino do presencial e do formato a distância.

Agora que você já sabe que não existe mais pedagogia em 3 anos, chegou a hora de encontrar uma boa graduação para chamar de sua. Então, comece a pesquisar pelas instituições que oferecem curso de pedagogia EAD. Afinal, essa é a forma mais rápida, barata e eficaz para aprender. Estamos sempre em busca de economia de tempo e dinheiro, e um curso a distância pode ajudar em ambos os aspectos. Afinal, você economiza o tempo de deslocamento até uma instituição de ensino, pode equilibrar melhor sua agenda diária e aprender quando e onde quiser. Além disso, a mensalidade do curso de pedagogia EAD tende a ser 50% menor do que a do presencial.

Ou seja, por que não optar por uma licenciatura em que você pode economizar sem deixar de lado a qualidade de ensino? Vale lembrar que o diploma do curso de pedagogia EAD é o mesmo do presencial, não há nenhuma informação nesse documento que mostre que o aluno concluiu o curso no formato a distância. Essa é mais uma prova de que a educação é a mesma, sem distinção. Então, não perca mais tempo, estude de casa e garanta um futuro promissor como pedagogo ou pedagoga.

Aliás, a pedagogia é uma área em expansão com ótimas vagas abertas no mercado de trabalho. Isso acontece, principalmente, graças ao grande leque de atuação desses profissionais. Diferente do que se pensa, o pedagogo não precisa trabalhar apenas dentro de uma escola, há opções para desempenhar a função em hospitais, empresas, na indústria de brinquedos e até mesmo na produção de conteúdo para youtubers.