graduação-em-pedagogia

Vale a pena fazer pedagogia?

A escolha de qual curso superior vai cursar é uma dúvida muito comum. Além do curso que irá formar o aluno para o mercado de trabalho, é importante escolher qual modalidade de ensino mais se encaixa com as suas necessidades: presencial ou a distância.

Se você tem aptidão e vontade de trabalhar na área da educação, a faculdade de pedagogia pode ser uma boa opção.

Então, se você busca um curso que vai te preparar para trabalhar em diversas vertentes na área da educação, a graduação em pedagogia vale muito a pena.

Durante a graduação o aluno vai ser preparado para trabalhar como Pedagogo. Após a formatura, ele pode atuar em diversas áreas, dentro e fora de instituições de ensino, como professor no ensino fundamental e na pré-escola, como professor ou auxiliar de sala. Além disso, o profissional formado em pedagogia pode atuar na administração escolar, como supervisor, orientador ou diretor escolar. Fora das escolas, também existe a possibilidade de exercer a profissão como Pedagogo Empresarial, Pedagogo Hospitalar, em Indústrias de Brinquedos e na produção de materiais pedagógicos.

A faculdade de Pedagogia tem duração de 4 anos e é uma das 10 mais procuradas pelos futuros alunos de uma graduação, e quando levamos em conta apenas a modalidade de ensino a distância, ela é a mais disputada.

Como é a faculdade de Pedagogia a distância?

O ensino a distância está crescendo muito nos últimos anos no Brasil, e ofertando aos estudantes uma gama imensa de cursos e especializações. Uma pesquisa divulgada em 2018 mostrou que o número de alunos de cursos EAD já tinha superado 1,5 milhão de pessoas.

A graduação a distância, com certeza, é a melhor opção para quem já está trabalhando, mas quer dar continuidade aos estudos. Ela oferece aos alunos a flexibilidade de conciliar os estudos com o trabalho e os demais compromissos da vida pessoal, podendo estudar pelo computador, smartphone ou livros.

Além da liberdade de escolher quando e onde estudar, os preços das mensalidades, em relação ao ensino presencial, são bem mais acessíveis.

Porém, antes de sair correndo se inscrever é importante prestar atenção em um ponto muito importante. Para começar pesquise se a faculdade escolhida é credenciada junto ao Ministério da Educação. Caso não seja, opte por outra instituição.

Essa certificação é o que te dá a segurança de que o curso tem qualidade e na conclusão, seu diploma será válido, garantindo uma oportunidade no mercado de trabalho.

Caso contrário esse certificado não terá validade, e infelizmente todo seu esforço de quatro anos terá sido em vão.

Confira também a grade e as disciplinas oferecidas. Verifique a possibilidade de fazer estágios durante a graduação, eles te dão mais experiência e conhecimento prático das atividades desenvolvidas pelo profissional da área que escolheu seguir.

Agora que você já conhece todas as vantagens e informações sobre modalidade de ensino a distância e já sabe que irá cursar Pedagogia, é hora de encontrar o curso que mais vai te preparar para o mercado de trabalho e dar o primeiro passo em direção da realização do seu sonho!

concertina

Benefícios da concertina eletrificada

A concertina eletrificada é uma alternativa para proteção residencial, sobretudo para aqueles que buscam máxima segurança e tranquilidade. Ainda não conhece esse material? Então, confira o que é e os benefícios que proporciona.

 

O que é a concertina eletrificada?

Trata-se da junção da concertina (que possui elevada capacidade de laceração) com a cerca elétrica, contando com fios metálicos que dão choque ao entrar em contato com a pele.

Justamente por isso, a concertina eletrificada é perfeita para montar cerca de proteção e segurança perimetral e patrimonial, minimizando o risco de invasões.

O material é bastante versátil e pode ser aplicado em diferentes espaços, como em imóveis residenciais, empresariais (escritórios), comerciais e industriais, sobretudo em áreas de acesso restrito.

 

Quais são os benefícios?

A concertina eletrificada possui o diferencial de proporcionar benefícios especiais. Conheça, a seguir, quais são eles e entenda o porquê vale a pena investir no material para montar cercas:

 

– Maximização da segurança

Por combinar a concertina e cerca elétrica, o material maximiza a segurança de espaços e pessoas que os frequentam, ajudando a inibir a ação criminosa eficazmente.

 

– Proteção de bens

A cerca elétrica concertina ajuda a proteger bens patrimoniais, diminuindo o risco de furtos ou roubos, bem como a possibilidade de ter novos gastos para repor tais itens.

 

– Excelente custo-benefício

Em comparação a outros materiais de segurança perimetral, a concertina eletrificada possui excelente custo-benefício porque seu preço é mais acessível e sua eficácia é alta. Portanto, é a opção ideal para proteger espaços sem gastar muito.

 

– Baixa manutenção

A concertina eletrificada é uma aposta certeira para quem não abre mão da praticidade, uma vez que não demanda manutenções, limpezas ou trocas constantes.

Ainda há mais uma vantagem: essa característica de baixa manutenção da cerca concertina eletrificada ajuda a economizar em longo prazo, justamente porque não há gasto extra frequente para garantir a qualidade do material.

faculdade-pedagogia-ead

O que é pedagogia de projetos?

A pedagogia de projetos pode ser definida como um método em que a classe se ocupa em atividades proveitosas e com propósitos definidos. Em outras palavras, a pedagogia de projetos é o ensino através da experiência. Neste método o professor coloca o aluno em contato com algum projeto concreto em que esteja interessado e em que planeje o empreendimento.

Ao cursar uma faculdade de pedagogia ead, depois de formado o profissional poderá aplicar a pedagogia de projetos em uma turma de alunos, onde eles mesmo serão responsáveis pela construção do próprio conhecimento. Você na condição de pedagogo deverá apenas propor situações de ensino baseadas nas descobertas espontâneas e significativas de seus alunos.

Com a pedagogia de projetos existe a possibilidade de dar um novo significado ao espaço escolar, transformando-o em um local vivo de interações, aberto ao real e às suas múltiplas dimensões. A pedagogia de projetos oferece uma nova perspectiva para o entendimento do processo de ensino nas escolas. A aprendizagem deixa de ser um simples ato de memorização, com a pedagogia de projetos você não mais conteúdos prontos.

O profissional que passa por uma faculdade de pedagogia ead, depois de formado e dentro do mercado de trabalho, ajudará os alunos na construção do conhecimento, criando uma relação estreita entre os aspectos cognitivos, emocionais e sociais presentes nesse processo. A formação dos alunos não pode mais ser pensada apenas como uma atividade intelectual.

Um dos principais objetivos da pedagogia de projetos também é a promoção da integração e a cooperação entre professores e estudantes em sala de aula. Isto ocorre em virtude de as atividades educativas serem elaboradas em conjunto pelas duas partes do processo educativo. Todos precisam colaborar para execução da pedagogia de projetos. Somente desta maneira os trabalhos poderão ser desenvolvidos corretamente, gerando um resultado positivo.

A pedagogia de projetos também tem por objetivo a resolução de algum problema ou algum empreendimento que esteja atrapalhando a harmonia e os interesses dos alunos, com relação às suas próprias experiências. É preciso que todos os membros estejam em sintonia para desenvolvimento das atividades pedagógicas propostas.

Uma das principais características da pedagogia de projetos ao realizar um trabalho educativo é a intencionalidade. Todo projeto pedagógico neste modelo deve ser orientado por objetivos claros e bem definidos.

Outra característica muito importante da pedagogia de projetos é a flexibilidade. O planejamento de trabalho deve ser flexível, de modo que tanto o tempo quanto as condições para desenvolvê-lo sejam sempre reavaliados em função dos objetivos iniciais, dos recursos à disposição do grupo e das circunstâncias que envolvem o projeto pedagógico.

E tenha muito cuidado e atenção ao iniciar um plano pedagógico utilizando a pedagogia de projetos, você precisa estar atento a originalidade do projeto. Cada grupo é único, ou seja, possui características próprias em que os participantes têm ritmos e estilos diferentes. A comparação entre os trabalhos de diferentes grupos não deve ser realizada, pois ela não cabe neste caso. Cada projeto de trabalho deve se desenvolver apoiado na realidade de cada grupo.

aluguel-de-container-em-bh

Aluguel de container em BH: o espaço ideal para guardar móveis em BH

Está em Belo Horizonte, precisa armazenar uma boa quantidade de móveis, mas não tem espaço para isso? Acredite, esse tipo de situação é mais comum do que parece.

Mas, não precisa desanimar com esse problema, porque existe uma maneira simples e econômica de resolvê-lo, é só investir no aluguel de container BH para armazenagem de itens. Veja, aqui, como funciona!

 

Como funciona o aluguel de container BH

O aluguel de container é uma modalidade de self storage, um serviço que consiste na locação de um espaço para que o cliente possa armazenar itens. Mas, por que alugar um container e não um novo imóvel?

Simples: o processo de locação tradicional é burocrático, caro e nada flexível, portanto, não compensa em curto ou longo prazo. O aluguel de container self storage BH é o contrário de tudo isso, surgindo como a melhor alternativa.

O processo de contratação e uso do container é simples. O primeiro passo é escolher o container com a área total de acordo com os móveis a serem armazenados e fechar o contrato, o que é rápido, não há necessidade de apresentar vários documentos ou ter um fiador.

Depois, é só guardar seus itens, trancar o espaço e levar a chave consigo, o que dá mais tranquilidade, já que garante que terceiros não terão acesso ao guarda móveis.

 

Vantagens do aluguel de container BH

A locação de container é a melhor solução porque oferece vantagens únicas, como as apresentadas a seguir:

  • Otimização de espaço no imóvel, com liberação de área para uso;
  • Correta armazenagem de móveis, porque o container é limpo, tratado contra infestações de insetos e roedores, além de ser arejado, com menor chance de desenvolver mofo, e seguro;
  • Facilidade de contratação, com liberação rápida da área para uso;
  • Melhor custo-benefício em comparação à locação tradicional ou compra de outro imóvel.

Perguntas importantes para decidir o nome do bebê – Chega de indecisão!

Um dos momentos mais gratificantes e desafiadoras para todo pai e mãe (especialmente para os pais pela primeira vez) é a escolha do nome correto para o nosso bebê.

Que nome lhe colocamos nosso bebê? Como duvidamos se levar o nome do pai ou da mãe,o nome, de qualquer forma tenho um banco, ou outro nome que tenha um significado transcendental? Será que é melhor escolher um nome que foneticamente seja adequado para o (ou os) sobrenomes que ele (ou ela) manter, durante toda a vida?

Efetivamente esta não é uma decisão para ser tomada “leve”: devemos pensar bem esse nome que levará para toda a vida do nosso filho ou filha.Mas por onde começar? Não te angusties que esta pergunta a nós tivemos todos os pais.6 Dicas para escolher o nome certo para o seu filho ou filha

Perguntas a se fazer

  • O que é importante para você e para o seu parceiro? Talvez não se dizem, muitas vezes, mas é indispensável ter em conta aquilo que é indispensável para você e para o seu parceiro. Ou seja, muitos pais escolhem o nome de seus filhos em relação a um tipo de religião que professam (por exemplo, os nomes bíblicos como Mateus, Tiago ou João). Outros preferem ter em conta o nome do avô ou da avó (uma vez que foram significativos para os pais do futuro bebê). Em outros casos, o nome de uma estrela ou famoso, ao que admira é o nome “vencedor” para o nosso filho/a (Kevin ou Arnold). Ter em conta este aspecto é fundamental, e poupar-lhe muito tempo.
  • A escolha do segundo nome. Outro aspecto importante a ter em conta é o segundo nome. Você deve entrar de acordo com o seu parceiro sobre este aspecto, já que muitos pais consideram que com um único nome será suficiente, enquanto outros escolhem um segundo e até um terceiro nome para o seu filho/a.
  • O nomes compostos? Outro ponto importante é a escolha de um nome composto. Por exemplo: José, Maria, Maria Emilia, etc. São nomes que funcionam como um conjunto. Ficam muito elegantes embora muitos pais não se convence…
  • Nomes exóticos ou estranhos. Existem “nomes da moda” para as crianças, mas muitos pais preferem escolher nomes exóticos porque sentem que é melhor que seus filhos levem um nome “não comum”. Alguns destes são: Aristóteles ou Dionísio.
  • Nomes tradicionais. Muitos pais preferem escolher um nome tradicional, seja por costume, ou porque não são amantes dos nomes modernos. Alguns dos nomes mais tradicionais escolhidos são: Diego, José, Daniel, Fábio, entre outros.
  • A importância fonética de nomes. Este é outro aspecto que muitas vezes não se temem conta de forma consciente. É importante, foneticamente falando, que o nome tenha uma certa harmonia com o sobrenome (ou apelido) que o menino ou a menina vai levar.

>> Veja aqui o nosso passo a passo completo para decidir o nome do filho<<

Talvez sintas que se decidiu por um nome e, em seguida, poucos dias depois, muda de parecer…

Isso é completamente normal! Por isso sugerimos que a escolha do nome inicie por volta do 4° ou 5° mês de gravidez, para que tenha tempo de escolher entre um nome e outro.

como escolher o nome do bebê

Como decidir qual será o nome do seu filho? Dicas para entrar num acordo

Uma das questões importantes, com a chegada de um bebê, é a escolha do nome certo. O consenso entre os pais é necessário, mas também há que ter em conta outros factores.

Escolher o nome de um bebê é uma das decisões mais importantes que você irá enfrentar os novos pais. Os nomes são uma parte essencial da identidade. Em seguida deve conhecer mais a respeito.

Certamente, a chegada de uma criança ao mundo é traz consigo todo o tipo de mudanças em uma família. Se você precisa de adaptar espaços, reformular os tempos, as agendas e prioridades.

Implica ter consciência sobre a saúde (em qualquer aspecto) e também traz consigo a tomada de certas decisões cruciais, como a de escolher o nome dessa nova pessoa que virá ao mundo.

Em sites especializados como o nomesdemeninos.com.br que já tem todas as listas completas de nomes para escolher e seus devidos significados. Afinal, já imaginou ir somente pela sonoridade e depois descobrir que a interpretação em nada lhe agrada? Abaixo segue um passo a passo do que mais deve fazer para se livrar dessa (terrível) indecisão.

Como escolher o nome do seu filho

São muitas as considerações a ter em conta. Há aspectos culturais que influenciam consideravelmente (religião, país, etc.) a tradição familiar que também intervêm. Todos estes fatores devem sempre contemplar o bem-estar do bebê novo.

como decidir o nome do bebê1. Deve ser uma decisão do casal

O nome escolhido –qualquer que seja – deve ser o produto do acordo dos pais. De fato, você pode ser o primeiro acordo de muitos outros que devem vir dos pais. É um bom momento para deixar de lado, a pressa ou os caprichos e olhar para as opções capazes de agradar aos dois.

Se um dos dois não gosta do nome escolhido é melhor deixá-lo passar. Existe uma infinidade de opções, e uma delas servirá para chegar a um acordo. Para atender a ambos os pais, existe a opção do segundo nome.

2. Há falta tempo

Deve dedicar todo o tempo que seja necessário. Enquanto a gravidez avança, os pais podem sentir-se pressionados para escolher. O melhor nestes casos é não prestar atenção ao ambiente e saber tomar o tempo necessário para escolher o nome de um filho. Nesse caso, vale a pena usar uma agenda e técnicas de tempo para conseguir ter um momento aconchegante e justamente próprio para isso. Mas não se decepcione se mesmo na hora H não conseguir pensar em nada,pois as vezes a melhor ideia ocorre repentinamente.

3. Informar-se

Há que se informar bem sobre o assunto, já que alguns nomes podem ter referências culturais poderosas. Um nome que você gosta para os pais pode ser de um personagem de literatura, um político famoso, ou algum personagem histórico relevante.Claro, também há fontes on-line para o modo de orientação. No entanto, ao comparar dois ou mais portais, a informação pode chegar a ser contraditória.

4. Evitar a rigidez

Não é recomendável adotar uma postura rígida na hora de escolher um nome. “Tem que ser o nome do avô porque sim e ponto” realmente não é um argumento sólido, nem muito menos favorável, ou para outras pessoas ou para o bebê.

Se ambos os pais não estão de acordo em um nome é necessário procurar a solução em conjunto, de forma construtiva, até chegar a uma raiz. É recomendável ver todos os nomes como as opções e não como sentenças definitivas. Veja aqui algumas dicas para ficar mais relaxada para esse momento. 

5. Cuidado com as iniciais!

Às vezes, as casualidades da vida fazem com que se escolha um ou dois nomes que podem causar problemas. As iniciais do nome de uma pessoa serão sempre necessárias, em algum momento, e uma má combinação que pode causar problemas.Por isso, o mais recomendado é que os pais tenham cuidado com os nomes que escolhem ao combiná-los com os apelidos. Há que evitar que as iniciais, juntas, formem alguma palavra que possa chamar a provocação.

prova-oab

Quantas questões preciso acertar para passar na prova OAB?

Sendo uma dúvida comum entre a maioria dos candidatos na prova OAB, a pergunta “Quantas questões preciso acertar para passar na OAB” é fácil de ser respondida.

Mas, antes disso, você precisa entender o motivo pelo qual a aprovação é tão importante para a sua carreira e futuro profissional.

 

Importância do Exame OAB

O Exame de Ordem, organizado pelo Conselho Nacional da OAB e aplicado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, é a condição a qual se submetem todos os bacharéis de Direito que desejam exercer a função de Advogado.

A avaliação pode ser realizada até por quem ainda não concluiu o curso completo. A única condição é estar matriculado no último ano, em qualquer um dos dois últimos semestres do curso.

 

Estrutura da prova da OAB

 

Prova de 1ª fase

Composto por provas divididas em duas fases, o Exame de Ordem possui um alto nível de exigência e também devido a isso, um alto nível de reprovação.

A 1ª fase do exame OAB é composta por prova objetiva com 80 questões. Nela são avaliadas todas as disciplinas obrigatórias trabalhadas durante todo o curso de Direito, das quais fazem parte os conteúdos de Ética, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Constitucional,  Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Tributário, Direito Empresarial, Direitos Humanos, Direito Internacional, ECA, Direito Ambiental, Direito do Consumidor e Filosofia do Direito.

Considerando o valor de 1 ponto para cada questão, é necessário obter, ao menos 50%, de acerto para participar da 2ª fase.

Ou seja, para garantir a participação na prova de 2ª fase, o candidato precisa acertar 40 questões no gabarito OAB.

 

Prova de 2ª fase

Já a 2ª fase do exame permite que o candidato escolha uma opção entre 7 disciplinas (Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito do Trabalho, Direito Empresarial, Direito Penal e Direito Tributário) para ser avaliado.

A etapa é constituída por uma prova prático-profissional em que o candidato deve realizar uma peça profissional e quatro questões discursivas.

A avaliação é feita considerando o valor de 5 pontos para a peça profissional e 1,25 pontos para cada questão discursiva.

Para obter a aprovação, é preciso obter nota superior a 6 pontos na somatória.

 

Como se preparar para prova?

Para se dar bem e conquistar a tão sonhada aprovação no Exame de Ordem, é necessário contar com uma preparação bastante específica, e que muitas vezes é oferecida por um bom preparatório OAB.

Considerando os cursos na modalidade a distância, eles são uma excelente opção para quem busca aliar custos acessíveis e liberdade de tempo, já que por meio de videoaulas previamente disponibilizadas você mesmo pode elaborar o seu cronograma de estudos.

Além disso, com o auxílio de professores experientes e atuantes nesta área, com certeza ficará mais fácil entender e relembrar os conceitos já vistos durante a faculdade.

Com todas estas dicas, esperamos que você inicie seus estudos com muita motivação e conquiste a tão sonhada aprovação do Exame de Ordem. Boa sorte!

malas-de-viagem

Mala de viagem pequena: qual o tamanho da bagagem de mão?

A mala de viagem pequena sempre gera dúvidas em quem está se organizando para finalmente conhecer o destino de seus sonhos. Uma delas é qual seria o tamanho bagagem de mão.

Está com essa dúvida? Então, confira aqui qual o tamanho aceito pelas companhias aéreas para a bagagem de mão e dicas para evitar excesso de peso ao arrumar sua mala.

 

Qual o tamanho da bagagem de mão?

O tamanho da bagagem de mão é o mesmo para viagens nacionais e internacionais. A norma diz que a mala deve ter 115 centímetros, no máximo, considerando rodas, alça e bolsos.

Por isso, boa parte das opções de mala de bordo do mercado já são padronizadas com 55 centímetros de altura, 35 de largura e 25 de comprimento, totalizando os 115 centímetros exigidos.

No que se refere ao peso da mala de viagem de mão, o recomendado é o máximo de 10 kg para voos nacionais e internacionais (varia de acordo com a companhia aérea).

 

Como evitar excesso de bagagem

Com as limitações de tamanho e peso da mala de viagem, é comum ficar em dúvida sobre como evitar excesso de bagagem e o pagamento de uma taxa extra. Curiosamente, há algumas dicas a serem seguidas.

A principal é ser minimalista ao montar sua mala, editando-a ao máximo. Leve roupas de acordo com os dias que ficará no local e considere repetir peças que sujam menos, como calça, casaco e sapato.

Se possível, leve somente roupas que combinam entre si, o que possibilita montar um número maior de looks com uma quantidade reduzida de peças, além de diminuir ainda mais o peso da mala.

Além disso, divida o conteúdo de sua mala de viagem com a bagagem de mão, sempre atentando ao peso de ambas para evitar excesso em uma delas. Assim, dá para garantir um espaço extra na mala para lembrancinhas e compras.

concurso-publico

Quanto tempo demora para sair o resultado de um concurso público?

Esse texto é para você que estudou com vídeo aula para concurso e passou pela prova do concurso público e não aguenta mais esperar pela divulgação do resultado. Sabemos que é difícil segurar a ansiedade enquanto espera ser convocado para tomar posse do cargo.

Leva me média 60 dias, após divulgação do resultado oficial para o candidato ser chamado para homologação, realizar exames e apresentar a documentação exigida no edital. O tempo médio para a convocação varia de acordo com o órgão.  A posse só é realizada quando o nome do candidato é publicado no Diário Oficial. E, após a nomeação, o candidato ainda terá 30 dias para tomar posse do cargo.

Para que você fique tranquilo e não perca os prazos do concurso público, o primeiro passo é deixar a euforia um pouco de lado e refletir. Esse período pode parecer curto para alguns, mas longo para outros. Há pessoas que esperam apenas alguns meses e existem aqueles que são chamados ao final do prazo, depois de até quatro anos.

Depois de passar anos se preparando com vídeo aulas para concurso você não pode se distrair e deixar a nomeação passar, precisa ficar atento nas datas e nos canais oficiais em que a lista dos aprovados será divulgada. Nosso conselho é que você procure o edital do concurso público e copie na sua agenda as datas disponibilizadas no cronograma para não correr o risco de esquecer.

Para ter certeza do resultado, vá direto à fonte oficial. O mais comum é que a classificação seja divulgada no site da organizadora do concurso público. Mas, quando a prova é de um certame muito concorrido é provável que você também veja informações em jornais de grande circulação e sites de notícia confiáveis.

É importante que você faça um acompanhamento passa a passo, prestando muita atenção nos resultados oficiais de cada etapa do concurso público. Pode acontecer de algumas datas de divulgação sofrerem alterações. Se for este o seu caso, a página da organizadora do concurso público deve trazer essa informação. Portanto, dê uma passada por lá de vez em quando para checar se há mudanças.

Caso esteja prestando diversos concursos ao mesmo tempo, crie o hábito de ler os Diários Oficiais. Quando um concurso público termina, a banca examinadora divulga os nomes de todos os aprovados em seu site e também neste documento. Desta maneira você diminui as chances de perder a lista. Para o Diário Oficial da União basta entrar no site da Imprensa Oficial e para os Diários Oficiais do Estado, busque pelo portal do Governo do Estado desejado.

Mesmo que em um primeiro momento seu nome não esteja na lista é importante continuar atento durante o prazo de validade do concurso público. Às vezes os primeiros colocados desistem da vaga e esta é repassada aos candidatos quem vêm logo depois.

Mantenha seu endereço sempre atualizado junto aos organizadores do concurso público. Pois, além de publicar o resultado nos sites, alguns órgãos podem enviar um telegrama para todos os aprovados avisando sobre a nomeação. Porém, este procedimento não é obrigatório, então fique atento aos outros canais já mencionados.

Uma alternativa, se bater a ansiedade, é ligar de vez em quando para a organizadora do concurso público que você prestou. Ela também pode passar informações sobre quem foi, ou não, aprovado.

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

WhatsApp está lançando uma nova funcionalidade de Status para todos os usuários. Em vez do status apenas de texto que permite às pessoas saber se você está ocupado ou disponível para conversar, a nova funcionalidade de Status usa fotos, texto, emojis e esboços para mostrar o que você está fazendo. Se isso soa familiar, pode ser porque parece ser inspirado pelo Snapchat.

E ao contrário do Snapchat e do Instagram, o WhatsApp pode proteger as atualizações de Estado com encriptação de extremo a extremo.

Aqui está o que você precisa saber sobre o novo recurso. Onde você pode colocar Frases para Facebook e Whatsapp.

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

Quando é que vou receber a funcionalidade de Status?

Quando a sua conta tiver acesso ao estado, você não terá que baixar ou instalar uma atualização de app da App Store ou Play Store – ela simplesmente aparecerá.

Você saberá se você tem acesso ao Status no iOS quando a página Contatos for substituída por um ícone da câmera (Veja foto acima), e a Página à esquerda lê “Status”.”Os usuários do Android vão ver um novo ícone da câmera à esquerda da página Chats, ao lado de uma nova página de Status.

Quem pode ver a minha situação?

O WhatsApp inclui configurações de privacidade, dando-lhe total controle sobre quem vê o seu estado. Por padrão, apenas os seus contatos podem ver o seu estado, mas as definições de privacidade permitem-lhe alterar isso.

Com a página de Status selecionada em um iPhone, toque na privacidade. Usuários Android, Toque no botão do menu > Privacidade de Estado.

São-lhe dadas três opções:

Meus Contatos: Todos os seus contatos WhatsApp podem ver seu Status.

Excepto Os Meus Contatos: Selecione as pessoas a quem você não quer mostrar seu Status. Isto ainda compartilha seu Status com o resto de sua lista de contatos.

Só Partilhar: Selecione apenas com os contatos que você deseja mostrar o seu Status.

Se você alterar a sua configuração de Privacidade após enviar um Estado, tenha em mente que as novas configurações só terão impacto em futuras atualizações.

Ver o estado dos seus amigos é muito parecido com o Snapchat.

Se você já usar histórias Snapchat ou Instagram, então você vai se sentir em casa com Status. Aqui estão os fundamentos:

Para ver um estado carregado pelo seu amigo, abra a página de Estado. Uma lista de amigos que compartilharam um Status irão preencher.

Toque no ecrã para pausar um estado, dando-lhe mais tempo para o Ver, toque para saltar através de um estado, ou passe para a esquerda para ir para a próxima pessoa.